Mostrando postagens com marcador Borra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Borra. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Olha quem esta latindo...







quinta-feira, 17 de maio de 2018

Reação a performance canina


terça-feira, 28 de março de 2017

Cuidado com o cão


quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Animais carinhosos




Ah! E não se esqueçam neste fim de semana!


Além desse lançamento, estarão a venda os demais títulos
Debiloid's que você está vendo na coluna da direita do site. E mais um print "Kirbyans".


Nos vemos lá!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Galeria Dédis 30 anos

Ok, amigos e amigas. Continuando as comemorações dos trinta anos de nosso pequeno alienígena, com satisfação coloco aqui, depois de muitos percalços, a galeria feita por amigos artistas. A ideia veio ao rever estas artes que ganhei de artistas profissionais que passaram no curso da Dinamo na época em que eu era aluno:


Este foi feito por Luke Ross que atualmente anda fazendo trabalhos para Marvel, fez um estilo mais cartoon do que eu faria.

Em sua segunda passagem no curso Roger Crux de Xampu fez este Dédis nanico engraçado.


Marcelo Campos criador do Quebra-Queixo fez um Dédis mais badass.


Então eu pedi/incomodei alguns colegas e amigos para fazerem suas versões do Dédis. E quem quiser ainda participar da festa ainda há tempo.
Olhem o resultado. 

Este Dédis foi feito por Lorde Lobo artista nacional que criou personagens como Penitente e Lipe


Esse Dédis bacana feito por Gabriel Kolbe do site Sintonia Alcalina.

Esta fofura do Dédis com Borra feito por Anamaria Campos.



O grande amigo Daniel HDR imaginou uma cena que não aparece em uma das histórias do encadernado "Debiloid's o evento" que ainda esta a venda minha gente.




Fernando Gil imaginou um Dédis e o Borra um pouco mais realistas.


E o trabalhinho bacana do Jonatan Pires



Anderson Ferreira (ou ANDF) mostrando a mãe do Dédis e o Borra

Zé Borba fez uma dupla homenagem. Além do Dédis o único que pode falar seu nome sem errar.




O amigo Bob Koya privilegiou o irmãozinho do Dédis, o Dôd. 

E o talentoso jovem Gustavo Borges (de Morte Crens e Edgar) fez este belo desenho.

 .

Diego Moreira imaginou como seria um "Dédis superior".



Gabriela Stein tem seus próprios personagens da Galerinha Monstruosa e uma de suas personagens se chama Dina que aparece ao lado da nossa Dina (que também faz trinta anos).



Meu amigo e criador de Retro City, Maurício Dias fez os meus personagens fazendo cosplay dos seus.



Danusko Campos comprometeu o relacionamento de Dédis e Dina neste belo desenho com a Lindáuria.




Dédis ao estilo Homem-Aranha por Jader Corrêa.




Dédis irado feito pelo artista nacional Marcos Gratão, criador de webcomics como Observatório Lunar, Vigilantes, Heróis Nacionais e outros.


Dédis por Wesley Samp e uma versão alá Levados da Breca (seus personagens)! Show!





Arte do amigo Róger Goulart!




Vagner Santos mandou essa bela arte de Dédis e companhia.



Dédis com o personagem do amigo Márcio Cabreira que esta no blog Quero ser Super-Herói.



E para terminar, Matias Streb resolveu colocar Dédis e a turma toda numa única imagem.


  

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Borra

Idade: 38 anos
Pelos : brancos
Olhos: negativos
Carater: Carinhoso (até demais!), barulhento e esquisito.




Borra é o bicho de estimação do Dédis, que o ganhou de sua avó materna no seu 62º aniversário.
É um animal típico do planeta de origem do Dédis, geralmente é apreciado como animal de estimação, em outras palavras, é uma espécie de cão alienígena.
Sua diferença com a espécie canina terráquea é que seu corpo é totalmente maleável, podendo se esticar por alguns metros ou mudar para formas simples de acordo com a situação tipo uma bola.
Tal capacidade o torna difícil de prendê-lo, obrigando os seus donos a congelá-lo, quando apronta muito.
Borra é manso e gosta muito de qualquer um que lhe dê carinho ou atenção retribundo se enroscando todo na pessoa ou grunindo um som caraterístico isso o torna muitas vezes irritante para seu dono que é frequente vítima de seus ataques de alegria.
Por ser muito estranho, os demais animais do bairro agem de formas adversas a sua presença e Borra parece não ligar muito.