segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Resenha Spectreman: Introdução



Há algum tempo comecei a rever séries de tokusatsu (série de heróis japonês em live action.) da minha infância desrespeitando qualquer lei de quinze anos e o caralho a quatro. Pensei em fazer uma resenha do Ultraman, porém, achei melhor falar de um herói muito mais interessante para começar e seu nome é Spectreman.
A serie japonesa criada por Tomio Sagísu foi ao ar em 2 de janeiro de 1971, produzida pela P-Productions para TV Fuji, competindo com a série Ultraman Jack. ?Curiosamente o ator que faria Spectreman (ou Elementman) era o ator e modelo Jiro Dan o próprio alter ego de Ultraman Jack, chegou a fazer um piloto da série com um uniforme realmente ridículo para o herói e não deu certo e foi fazer Ultraman? (ATUALIZAÇÃO 10/04/2015 - Acabei de saber que este fato é uma lenda, que na verdade o ator que aparece no piloto é o próprio Tetsuo Narikawa com cabelo comprido, mesmo assim até achei parecido, mas tudo bem.)

E por que será que não deu certo, heim?

Depois remodelaram tudo até reaproveitaram cenas do episódio piloto e o vilão principal se tornou um mero ajudante. Ao longo do tempo a série mudou de nome umas três vezes (Símio Espacial Gori, Símio Espacial Gori versus Spectreman e Spectreman).
Spectreman seria o “primo pobre” da família Ultra, quer dizer, não há ligação alguma com Ultraman embora sejam heróis do mesmo tipo (Atualização 10/04/2015- e covenhamos, na época não conhecíamos outras séries que passavam na época lá no japão além de Ultraman ou Robô Gigante que claramente tinham efeitos melhores). O que me refiro era a produção com poucos recursos da série. Para se ter uma idéia o efeitos dos raios era feitos com uma foto parada da imagem, digno de ED Wood...

Mas não pense que isso possa tirar a simpatia do seriado, pois tem mais méritos do que deméritos.
A começar, a missão de Spectreman era proteger a Terra da poluição. Isso ai! Muito antes de Capitão Planeta, existia um herói com temática ecológica. Mas ele tinha um inimigo e esse inimigo é um show a parte.

Seu nome era Dr. Gori um Simioide vindo do planeta Épsilon, um macaco loiro, obviamente inspirado na onda do filme “Planeta dos Macacos” e que tem o seu divertido colega/auxiliar Karas, um gorila forte e burro. Gori também pretende livrar a Terra da poluição, no entanto, quer punir a humanidade enviando monstros que se alimentam do próprio lixo que jogamos na natureza para dizimá-la da face da Terra. Embora, sejam inimigos insistentes Gori e Karas fazem várias macaquices...
Apesar de ser o herói, Spectreman não tem uma vida fácil, pois ele recebe ordem dos chamados Dominantes de Nebula 71, os caras são tão lógicos e sem emoções como os Vulcanos de Star Trek, só que apesar de ser um robô, Spectreman é dotado de emoções e são homéricos os esporros que o herói sofre de seus chefes que nunca aparecem apenas se ve a imagem de Nebula que é um planeta móvel.
O que não muda muito na sua identidade civil como o humano Kenji, “membro penetra” da divisão anti-poluição, vive investigando casos que pouco tem a ver a função de sua equipe, para a insatisfação de seu chefe, obrigando-os a se meterem com monstros. A coisa toma tal proporção que eles resolvem agir ativamente contra as criaturas no meio da temporada.
Também outros méritos não vem diretamente da produção original, nos EUA a abertura do programa foi mudada. Esta versão americana foi distribuída no Brasil no final dos anos 70 e inicio dos 80. Como já falei aqui no blog, essa é um dos melhores temas de séries para TV.

Sei que hoje em dia, com o advento da TV por assinatura e internet, muitos tem acesso ao material original e torcem o nariz para versões dubladas, mas neste caso foi essencial para a produção se tornar tão memorável aqui no Brasil, tornando os diálogos mais divertidos como os de Gori e Karas. Esses dubladores em sua maioria iriam anos depois dublar outro sucesso: Chaves. Como Carlos Seidl que dubla o Dr. Gori, também dublou o Seu Madruga, Osimiro Campos (Karas/Prof. Girafales), Cecília Lemes (Chieko/Chiquinha) e os falecidos Mario Vilela (Ohta/Seu Barriga) e Marcelo Gastaldi (Wada/Chaves).
Os episódios eram divididos em arcos de dois capitulos, como o seriado do Batman dos anos 60, raramente as situações se resolviam em um episódio.
Como recebemos a versão americana por aqui, houve muitos cortes, tanto de dialogos como de cenas mais violentas, mas falarei delas mais adiante nas resenhas dos episódios...



Estas resenhas são uma singela homenagem a Tesuo Narikawa (Kenji), falecido em 1º de Janeiro de 2010 devido a um cancer. Que os Dominantes o recebam com honra lá em cima.

========================== Elenco:

Kenji/Spectreman (Joji Gamu no original) ( Tetsuo Narikawa - Faleceu em 01 de janeiro de 2010)

O heroi da série, Um androide vindo de Nebula 71, construido para proteger planetas primitivos como a Terra de ameças internas e externas. Ele pode assumir uma forma humana, seu alter ego se chama Kenji, ele se infiltra na divisão de controle de poluição, um órgão público, para investigar os planos do Dr. Gori.
É corajoso e impulsivo, mas estima muito pela humanidade, apesar de ser a causadora de toda poluição na Terra, ele ainda tem fé nos humanos.
Toda vez que enfrenta um monstro cai no chão sem energia e vira Kenji de novo ficando a mercê das criaturas, as vezes os Dominantes também retiram seus poderes como forma de punição ou pedem para ele segurar o facho pra não se transformar na hora errada.
Vive pedindo coisas insensatas para o chefe Kurata que sempre ameaça despedi-lo e é avacalhado por Kato e outros membros da divisão pelas suas histórias de macacos alienígenas e por sempre sumir a todo momento.
================================================

Chefe Kurata - Tohru Ohira
Chefe da Divisão de Pesquisa e Controle de Poluição, tipo mandão e autoritário, mas aos poucos vemos que ele tem grande apreço aos membros de sua equipe e quando pode sempre da conselhos e lições. É casado e pai de um filho.
O único que o tira do sério é o novato Kenji, que sempre fala bobagens e some nas horas inoportunas, no entanto com o tempo ele se afeiçoa com o impulsivo rapaz e o libera para suas investigações. Em várias situações chego a pensar se ele sabia que Kenji é Spectreman.
==================================================

Kato - Takatsumi Watanabe
É um dos mais antigos da equipe, provavelmente o segundo no comando. Experiente, sempre sabe o que fazer nas horas difíceis. No começo ele não ia com a cara de Kenji, sempre zombando de suas atitudes, mas assim como seu chefe aprendeu a gostar do cara.
Também é casado e sua esposa espera um filho.
=========================================
Wada - Koji Ozaki
O engraçadinho da turma, sempre fazendo piadinhas e comentários sarcásticos. Reclama muito das coisas que tem que fazer, mas é um aliado leal.
============================================= Ohta - Kazuo Arai
Embora seja corajoso é um mané, sempre se dá mal. É espancado por alguma criatura ou se quebra todo em qualquer que seja a situação. O pobre infeliz ainda dá uma de galanteador sem nenhum resultado...
============================================ Mulheres:
Bom, toda a equipe tem que ter um toque feminino e em Spectreman, não foi diferente, porém não houve um membro feminino fixo na divisão. Não sei ao certo o que houve para ter tantas trocas. Mas quem puder esclarecer pode comentar ai.

Minnie - Machiko Konishi
A primeira mulher da equipe e a mais fresca. É uma romântica incurável, logo de cara já se interessou pelo Kenji e também pelo seu alter ego Spectreman. Mas vive furiosa com ele por suas fugidinhas misteriosas e suas histórias malucas. Para sua infelicidade ela também é alvo de paixão de Karas, que vez ou outra a rapta.



Chieko - Sakurako Shin
A mais bonitinha e simpática de todas, calma e reservada. Aparentemente é atraída por Kenji e não nega entrar nas aventuras com a equipe.
Seu pai, pescador, faleceu após o ataque de uma baleia ciborgue criada pelo Dr. Gori, tem um irmão mais novo que quer seguir os passos dele e um avô que agora toma conta do menino.




Yumi - Rumi Gotoh
Entrou para divisão depois que mudaram seu foco de ação para enfrentarem os monstros de Gori. Fria e corajosa não tem medo de enfrentar cara a cara Gori e suas criações. Participou apenas de dois arcos.






Kimie - Taeko Sakurai
Assumiu o cargo de Yumi, depois de duas histórias. É um pouco mais simpática, no entanto é tão destemida quanto Yumi.
================================================




Doutor Gori (dublê) - Takanobu Tohya - (voz) - Kyoshi Kobayashi, Seizou Katoh, Ren Nishiyama
Segundo o querido Wikipédia, Gori é original do planeta Épsilon, situado na constelação de Sagitário, distante aproximadamente 40 mil anos-luz do sistema solar. Lá, vive uma civilização de homens-macaco pacíficos e civilizados, de tecnologia muito avançada, visada para o bem comum. Gori, um genial cientista, detentor de um intelecto muito acima de qualquer ser humano, foi escolhido como o líder. Porém, ao assumir o poder, quis construir armas mortíferas para derrubar o governo central de Épsilon e conquistar planetas pelo Universo. Gori achava que a tecnologia de sua civilização fora desperdiçada em projetos pacíficos.
O plano foi logo descoberto e Gori considerado culpado. Como na sociedade dos simióides não havia pena de morte, a punição seria a alteração da mente do cientista, de forma que sua maldade fosse eliminada. Antes que isso acontecesse, um oficial do exército chamado Karas liberta Gori da prisão e ambos fogem em uma nave. Vagando pelo espaço, a dupla chega à Terra graças a uma tempestade eletromagnética. Gori fica encantado ao ver o planeta. Analisando de perto, descobre que os seres humanos estavam destruindo seu próprio mundo com a poluição. Indignado, Gori decide conquistar a Terra, transformando-a em seu paraíso particular. No entanto em seu caminho está Spectreman para dar uma rasteira no macaco loiro. Ao falar ele faz gestos muito bizarros com as mãos, mas sua linguagem corporal é o que torna tão engraçado como característico (e um pouco gay). Há quem diga que ele inspirou o Macaco louco das Meninas Super-poderosas (Power Puff Girls).

==============================================
Karas – Koji Uenishi
Ex-general em Epsilon, por concordar com os ideais de Gori o libertou e ambos fugiram para a Terra. No episódio piloto de Elementman ele era o vilão principal.
Embora seja um guerreiro forte e impiedoso, Karas (no original Raa) ao contrario de seu amigo de roupa lilás, é burro como uma porta e sempre faz trapalhadas para desespero de seu mestre, que sempre tem excessos de fúria tanto por causa de Spectreman quanto as cagadas do gorila falastrão.
Karas apesar de ser cruel, é o alívio cômico da série sempre usando disfarces idiotas para se misturar entre os humanos ou falando frases de efeito (mérito da dublagem nacional). É apaixonado pelas terráqueas.

==============================================
Fiquem com o episódio piloto Ahahahahahhahaha!!!:



A seguir:

Doutor Gori, o criador de monstros!

4 comentários:

  1. Genial primeira resenha, cara!
    Aguardo ansioso as proximas! E vc sabe que o Vourdalak é o mais foda dos vilões :D

    ResponderExcluir
  2. Muito legal! Bem explicativo. Chegou a ler a reportagem numa recente MUNDO DOS SUPER-HERÓIS?

    Um trecho do episódio final tem no MELHORES DO MUNDO. XD

    ResponderExcluir
  3. Um segredo de minha memória... Quando criança, fiz um boneco do SPECTREMEN usando, sabe o quê?
    ...

    Massa de modelar! 80
    ...

    Isso mesmo! XD

    ResponderExcluir
  4. Olá, bela matéria, parabéns!
    Algumas coisas são puramente mitos, Jiro Dan nunca atuou no piloto de Spectreman, os próprios criadores desse mito foram desmentidos em uma entrevista com o ator Jiro Dan. Tb não entendo esse titulo "primo - pobre" Spectreman tem muito mais referências de seu antecessor Magma Taishi do que um suposto "primo" da família Ultra. Não vejo ninguém lembrar que Kamen Rider também usava os mesmos efeitos em sua serie (tb de 71) e ser relacionado a "primo - pobre" de "tal" série. segue o link da entrevista com jiro.
    http://2.bp.blogspot.com/_xXehKqSBeFU/SU46dB7p9YI/AAAAAAAAATY/Jm7aHFsJ1WM/s1600/Jack+05.jpg
    Forte abraço!
    Spectreman... man... man...

    ResponderExcluir